Estereótipo

Em psicologia social, crença ou representação rígida e simplificadora, geralmente partilhada por um grupo mais ou menos alargado (eventualmente os membros de uma sociedade inteira), relativa a instituições, pessoas ou grupos. O estereótipo releva, com frequência, do preconceito, é caricatural e unificador, sendo os traços atribuídos isolados de um complexo de traços e sendo ignoradas as diferenças e cambiantes. Os caracteres nacionais, étnicos ou raciais (tal como representados nas opiniões populares), são exemplos de estereótipos. Na terminologia pavloviana, um estereótipo dinâmico é um complexo de estímulos condicionados , cujas características espaço-temporais são determinantes nas manifestações das respostas condicionadas e cuja modificação brutal acarreta uma perturbação destas últimas. Assim, se vários estímulos condicionados positivos se sucederam regularmente numa dada ordem, esta ordem confere-lhes um valor de estereótipo dinâmico, o qual domina o valor de cada estímulo em particular: a sua apresentação na ordem inversa acarreta uma marca da deterioração do condicionamento.
M. Richelle
Blog em http://blogmilfolhas.blogspot.com

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.